ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE LEILOEIROS PÚBLICOS OFICIAIS JUDICIAIS-ASBRALEJ

NOTA OFICIAL

FRAUDE EM LEILÕES

São Caetano do Sul, 08 de junho de 2020.

A Associação Brasileira de Leiloeiros Públicos Oficiais Judiciais, ASBRALEJ, entidade de classe devidamente registrada, vem a público aduzir que:

Considerando que os últimos dois anos é crescente o aumento vertiginoso de sites falsos de leilões.

Considerando que tais atos tem vitimado inúmeras pessoas de boa fé onde tais Criminosos se passam por Leiloeiros Públicos Oficiais, usam nomes de Leiloeiros verdadeiros ou simplesmente criam sites falsos de leilões na internet e aplicam golpes em vítimas que, desavisadas, efetuam pagamentos sem nunca terem visto os bens arrematados.

Vem a publico registrar o nosso total repúdio com tais atos e contribuir com a sociedade para medidas preventivas.

Informamos que a Polícia Estadual, Polícia federal, Ministério Público, sindicados e associações estão imprimindo grandes esforços na tentativa de identificar os criminosos e acabar de uma vez por todas. Embora tenhamos alguns avanços com a prisão de alguns elementos, por hora, a mais eficiente defesa é a INFORMAÇÃO.

A cada dia, surgem dezenas de sites falsos que já superam a marca 800 sites fraudadores. Número maior do que a existência de sites Oficiais.

Entidade de classe já tentaram de tudo, no entanto os malfeitores a cada dia tentam burlar inclusive Selos que qualidade, Selos de site blindado o que parece não intimidar.

A arrematação em leilão continua sendo um negócio rentável e seguro para que compra e para quem vende. É sim uma fonte inesgotável de riqueza e justiça social no que diz respeito a transferência de bens e riqueza. 

A profissão de leiloeiro é composta por profissionais sérios, dedicados e comprometidos com a segurança dos licitantes, comitentes e sociedade em geral.

Estamos passando por um momento difícil mas não descansaremos enquanto não estiverem na prisão todos os elementos que provocam profunda dor á vítimas e maculam a imagem dos profissionais íntegros que ocupam nossas fileiras de uma das profissões mais tradicionais e respeitáveis do Mundo.

A ASBRALEJ recomenda as seguintes medidas preventivas:

Os sites falsos comumente tem o domínio .COM e hospedam estes sites fora do País para não serem identificados. No entanto, alguns poucos leiloeiros oficiais utilizam este tipo de domínio. Os larápios, para não serem identificados, acrescentaram .com/br

Clécio Oliveira de Carvalho

Presidente

MEDIDAS PREVENTIVAS

NÃO EFETUE PAGAMENTO EM CONTA DE TERCEIROS

Os leiloeiros de verdade NUNCA solicitam que o arrematante efetue pagamento de comissão ou do lance em conta de terceiros.

NÃO ADIANTA PERGUNTAR O NOME DO LEILOEIRO

Os bandidos acostumaram-se a dar nome de qualquer leiloeiro na hora do atendimento. 

VÁ PESSOALMENTE AO ESCRITÓRIO DO LEILOEIRO

Embora a maioria dos leilões sejam online, TODOS os leiloeiros oficiais no Brasil mantém seus escritórios ou pátios físicos.

Os endereços que constam dos sites fraudadores são falsos e quando o interessado vai até o local indicado no site descobre que caiu no golpe. Visitar pessoalmente antes de arrematar ainda é uma das medidas mais seguras. Desconfie se tentarem evitar sua visita.

Se você não puder ir pessoalmente, envie alguém da sua confiança.

TODO LEILÃO DEVE TER UM EDITAL ESPECÍFICO

Não adianta inventar. Todo leilão seja de automóvel ou imóvel deve ser precedido de um edital. No edital, que deve ser publicado pelo menos três vezes em jornais de ampla circulação, constam os dados do veículo e todas as condições de arrematação. Isto está na Lei.

IDENTIFIQUE O NOME DO COMITENTE VENDEDOR

Comitente vendedor é quem autoriza a venda em leilão de um bem. O edital é tão importante que nele deve constar o nome e qualificação do vendedor.

REDES SOCIAIS

Confira se o leiloeiro que você pretende arrematar está nas redes sociais. Confirme se existe uma diversidade de publicações, comentários notas da empresa de outros usuários.

SELO NÃO É GARANTIA!

Infelizmente algumas instituições de classe criaram selos de certificação. O problema é que os estelionatários falsificam inclusive o selo. A ASBRALEJ não autoriza inserção de sua logo marca em qualquer site que seja.

DESCONFIE DE VALOR MUITO BAIXO

Mesmo em leilão existe um limite para o valor mínimo do lance. Desconfie de bens com valores muito baixos

MEIOS DE COMUNICAÇÃO OFICIAIS

Faça contato com a ASBRALEJ ou junta comercial de seu estado através dos sites oficiais. Nunca acesse site ou selo constante do site. Digite a URL dos sites como Junta comercial, ASBRALEJ

ARREMATAÇÃO DE IMÓVEIS – PREFIRA LEILÕES JUDICIAIS

Nos leilões judiciais a segurança é maior pois é mais fácil confirmar informações. O leilão judicial sempre está vinculado a um processo judicial que você deve acessar somente pelo site do tribunal de justiça com o auxílio de um advogado. No processo judicial consta uma decisão de homologação do leiloeiro oficial e jamais é possível um estelionatário ser nomeado por um Juiz sem comprovar sua atividade e tempo mínimo de três anos.